Advogado diz que pai bateu na filha ao saber de namoro com ator

O comerciante Paulo Cupertino Mathias, de 48 anos, agrediu a filha Isabella Tibcherani Matias, de 18 anos, ao saber do namoro dela com o ator Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, informou o advogado da jovem.

Além do ator, foram mortos a tiros os pais dele, o casal João Alcisio Miguel, 52, e Miriam Selma Miguel, 50.

A jovem e Rafael namoravam desde março do ano passado. “Isabela relatou que o pai deu um tapa nela em novembro de 2018, quando soube do namoro da filha com Rafael”, disse nesta terça-feira (11) ao G1 o advogado Elinton Lima dos Santos, que defende os interesses da namorada do ator. “Ele deu um corretivo nela”, afirmou.

Em seu depoimento ao 98º Distrito Policial, no Jardim Miriam, na segunda (10), Isabela havia dito que o pai “ficou muito bravo“ quando descobriu seu namoro com Rafael. “Pois sempre foi muito possessivo.“

Ainda na delegacia, a jovem contou que, no dia do crime, saiu de casa e foi se encontrar com Rafael em uma praça. Os pais dele foram buscá-los e decidiram levar a garota para a casa dela. Ao chegar no local, foi a mãe de Rafael quem bateu no portão.

“Paulo abriu a porta de dentro e a Miriam perguntou: ‘Você que é o pai da Isabela?’. Sendo que ele respondeu: ‘Não, sou a mãe dela’. Aí ele abriu o portão de ferro e disse ‘entra’ [para a filha], fechado em seguida. Nesse momento a Miriam disse ‘vamos conversar’ e, logo após isso, o Paulo abriu o portão de ferro, sacou a arma e efetuou vários disparos contra Rafael, seu pai João e a mãe Miriam”, informa o documento com informações sobre o que Isabela declarou.

Durante o velório, na tarde de segunda, Isabela disse à imprensa que Rafael salvou sua vida. “Ele foi um herói”, falou, sugerindo que o ator impediu que a namorada fosse atingida pelos disparos.

g1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *