Cidade do Piauí deve ter vacinação em massa com doses da Sputinik

governador Wellington Dias (PT) anunciou, em live do Grupo Prerrogativas (grupo Prerrô) feita por advogados de São Paulo,que as doses da vacina Sputinik V devem ser usadas em experiência de vacinação em massa no Piauí.

O governador explicou que a ideia inicial é seguir os moldes da imunização que foram adotados na cidade de Serrana, em São Paulo. Lá, projeto coordenado pelo Insituto Butantan vacinou 95% dos habitantes acima dos 18 anos com doses da vacina Coronavac. A pesquisa mostrou queda de 95% em mortes por Covid-19.

No Piauí o município escolhido para a vacinação em massa com a doses iniciais da Sputinik V deve ter cerca de 32 mil habitantes.

“No Piauí vamos receber cerca de 64 mil doses. Então decidimos que vamos escolher uma cidade que tenha mais ou menos 32 mil pessoas para vacinar, ali vamos aplicar a 1º e a 2º dose, assim como foi feita em Serrana-SP ,que foi acompanhada  pelo Butantan”, disse o governador.

Weillington Dias disse,ainda, que apesar das condicionantes impostas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para permitir a importação excepicional da vacina Sputinik, a autorização foi comemorada pelos governadores do Consórcios Nordeste e Amazônia Legal.

Na manhã deste sábado (5) os governadores do Nordeste e da Amazônia Legal se reuniram.  Após a reunião, os Consórcios Nordeste e Amazônia Legal divulgaram uma nota informando que estão analisando, junto aos fornecedores russos, os procedimentos técnicos mencionados pela Anvisa , visando a ajustes contratuais e à execução nos termos das Lei Federais 14.124 e 14.125/2021. Ainda não há data para a chegada das doses.

Com a decisão, ficou autorizada a importação excepcional e temporária correspondente a doses para vacinação de 1% da população de cada um dos estados listados a seguir, dentro dos cronogramas enviados para o mês de junho de 2021.

Bahia – 300 mil doses.

Maranhão – 141 mil doses.

Sergipe – 46 mil doses.

Ceará – 183 mil doses.

Pernambuco – 192 mil doses.

Piauí – 66 mil doses.

A vacina, que segundo estudos tem eficácia de 91,6%, deverá ser utilizada apenas na imunização de indivíduos adultos maiores de 18 anos e menores de 60 anos.

A Anvisa determinou, ainda, que a vacina não deverá ser utilizada em gestantes, puérperas, lactantes e indivíduos com comorbidades.

Izabella Pimentel
izabella@cidadeverde.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *