Dengue: 84 municípios registram casos, mas Piauí apresenta queda de notificação

Dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) mostram que os números da dengue no Piauí, no primeiro semestre de 2021, reduziram 7,3% em  em relação ao mesmo período de 2020. Até agora, foram notificados 1.581 casos de dengue em 84 municípios do Estado. Em 2020, no mesmo período, o registro foi de 1.705 casos da doença no Piauí.

Os cinco municípios com maior número de casos da doença são:

  • Teresina, com 289 casos;
  • Picos, 215;
  • Ilha Grande, com 108 casos;
  • Santa Luz, 94;
  • Geminiano, com 75 casos de dengue.

Já as cinco cidades do Estado têm a maior incidência de casos, que representa o número de registro de casos por cada 100 mil habitantes. São elas: Santa Luz, Geminiano, Ilha Grande, Palmeira do Piauí e Ipiranga do Piauí.

“Se formos comparar com o mesmo período de 2020, houve uma redução este ano, mas a doença preocupa muito. Tivemos 2.198 casos de dengue em todo o ano passado e, se continuarmos nesse ritmo, podemos fechar o ano de 2021 com mais casos que o ano passado”, afirma o supervisor de Entomologia da Secretaria de Estado da Saúde, Ocimar de Alencar, citando que no primeiro semestre de 2021 foram notificados 1.581 casos de dengue no Estado.

Foto: Rodrigo Nunes/Ministerio da Saúde

Recomendações

A Sesapi reforça as recomendações para a população como não deixar água parada; não jogar lixo em locais inapropriados; limpar terrenos e comunicar às autoridades de vigilância de seu município sobre locais que não cumprem esses requisitos; manter garrafas com boca virada para baixo;

Além de proteger ralos sem tampas com telas finas; manter fossas vedadas; encher pratinhos de vasos de plantas com areia na borda e lavá-los uma vez por semana e eliminar tudo que possa servir de criadouro para o mosquito como casca de ovo e tampinha de refrigerante.

Neste período de pandemia da Covid-19, também é preciso ficar atento aos sintomas clínicos da dengue. A doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti apresenta febre alta, dores moderadas nas articulações, manchas vermelhas na pele e coceira leve.

 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *