Duas tentativas de homicídio são registradas na penitenciária masculina de Picos

Nas primeiras horas da manhã da última terça-feira (26) a Polícia Civil de Picos foi acionada sobre a ocorrência de duas tentativas de homicídios ocorridas na penitenciária José de Deus Barros. As vítimas foram golpeadas com arma branca artesanal (barras de ferros) e necessitaram receber atendimento médico no Hospital Regional Justino Luz (HRJL).

Os crimes foram flagrados pelas câmeras de segurança do presídio que retrataram Luís Alberto Pereira dos Santos e Canuto José de Freitas efetuando golpes em desfavor de Francivaldo Francisco Modesto e Cleber Bezerra de OIiveira. Dos quatro envolvidos, dois detentos se encontravam numa mesma cela, e os outros dois em celas diferentes, porém no mesmo pavilhão.

Segundo informações do delegado de Polícia, Agenor Ferreira Lima, os envolvidos nas tentativas de homicídios já possuíam passagem policial por assassinatos. Segundo eles, as ações foram motivadas por desavenças internas na penitenciária.

“Um dos pontos que chama atenção é que o Luís Alberto já tem passagem na Polícia por homicídio em Picos, e o Canuto José já tem passagem por dois homicídios. Inicialmente constatamos que se tratavam apenas de desavenças internas no pavilhão. Bem é verdade que os agentes interviram rapidamente e impediram que a agressão evoluísse”, afirmou o delegado.

Francivaldo Francisco Modesto, uma das vítimas

As duas vítimas necessitaram ser hospitalizadas devido ao estado de saúde. Francivaldo Francisco Modesto ainda foi submetido a procedimento cirúrgico. Golpes atingiram em sua maioria a face e pescoço dos detentos.

Luís Alberto Pereira dos Santos e Canuto José de Freitas foram autuados em flagrante pelas tentativas de homicídio e vão responder judicialmente pelo crime supracitado. Armas brancas foram apreendidas.

folha atual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *