Filha de policial tem rosto desfigurado ao ser agredida por lanceiras em Teresina

Uma fisioterapeuta, filha de policial civil, teve o rosto desfigurando após ser brutalmente agredida por lanceiras nesse domingo (06/06), no centro de Teresina. A vítima estava na região fazendo compras na companhia de uma tia de 70 anos.

As duas entraram em uma loja e foram seguidas e abordadas por duas lanceiras. “Depois que viram para cima de mim apareceram mais, acho que eram umas sete mulheres”, detalha à TV Meio Norte.

    Reprodução / TV Meio Norte

A vítima relata que as agressões começaram quando ela tentou filmar as suspeitas, que já foram presas diversas vezes por roubos e furtos.

“Me agrediram, me chutaram e puxaram muito meu cabelo. Conseguir colocar minha tia para trás, minha preocupação era evitar que fizesse alguma coisa com ela, por ser idosa”.

Um rapaz conseguiu separar as suspeitas e a vítima, e evitou que a fisioterapeuta fosse mais agredida.

Segundo a vítima, as lanceiras levaram óculos avaliado em R$ 3 mil.

A vítima fez exames de corpo e delito e registraram a ocorrência na Delegacia de Polícia Civil.

A vítima é filha de Joatan, Coordenador de Apoio Operacional da Secretaria de Segurança do Piauí (SSP-PI).

Lanceiras agem no centro de Teresina
Lanceiras agem no centro de Teresina    Reprodução / TV Meio Norte

180

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *