Hackers invadem sistema da FMS e bloqueiam mais de 10 mil exames

Mais de 10 mil exames do sistema operacional do Centro de Diagnóstico Raul Bacellar foram bloqueados em um ataque de hackers na manhã desta segunda-feira (22).

O gerente de Tecnologia e Informação da Fundação Municipal de Saúde, Rafael Viana informou ao Cidadeverde.com que a invasão cibernética não corrompe os dados dos exames, ou seja, não vai interferir nos resultados.

Segundo Rafael, o vírus é chamado de ransomware e é um tipo novo utilizado pelos hackers. “Eles bloqueiam os dados e pedem uma recompensa para liberá-los”, informou. Parte dos dados já foi recuperada nesta segunda-feira e as equipes da FMS e da empresa terceirizada responsável pelo serviço de proteção dos dados continuam trabalhando.

Um novo servidor de dados já está sendo implantado e promete mais segurança para a rede.

“Primeiro passo é que o serviço volte a funcionar, mais ágil a população. Amanhã estamos colocando o servidor novo em conclusão e vamos trabalhar para recuperar os dados que ainda estão bloqueados”, explica Rafael.

Como consequência temporária, alguns pacientes do SUS podem não conseguir obter o resultado dos seus exames realizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Teresina no período de setembro de 2018 até a presente data.

A  FMS garante que os serviços de urgência e emergência estão funcionando prioritariamente.

“Após o ataque cibernético, nós desenvolvemos uma estratégia para não prejudicar o atendimento dos pacientes internados em hospitais, em situação de urgência. Estamos visualizando os resultados e encaminhando para estes estabelecimentos, de forma manual. Tranquilizamos à população de que essa situação é temporária e que a empresa responsável e a FMS estão tomando todas as providências cabíveis para que possamos voltar a ter acesso aos exames online”, ressalta a Evelma Vasconcelos,  diretora do Laboratório Raul Bacellar.

Para adotar as medidas de segurança necessárias e conter o ataque virtual, a Fundação Municipal de Saúde registrou boletim de ocorrência e acionou imediatamente a empresa Diagnocel, responsável pelo sistema afetado.

“Fizemos o registro na Polícia Civil e vamos fazer o registro na Polícia Federal. Vale adiantar que a empresa também está se responsabilizando pelo ocorrido”, destacou o gerente da FMS.

Exames

O Raul Bacellar é o laboratório de análises clínicas da Fundação Municipal de Saúde que realiza a coleta e análise de mais de 100 tipos de exames para os estabelecimentos de saúde do município. Atualmente, o local realiza em média 180 mil exames por mês, nas especialidades: Baciloscopia, Bioquímica, Hematologia, Imunologia, Hormônios, Parasitologia, Urinalise e Citologia

Valmir Macêdo
valmirmacedo@cidadeverde.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *