Jovem de 23 anos invade casa do ex e tenta matar ele e a nova namorada de 19

Uma jovem de 23 anos foi presa e uma adolescente de 16 anos aprendida por invadirem a casa do ex-companheiro da maior de idade e tentarem matar o homem, de 23 anos, e a atual namorada dele, de 19 anos. As informações são do O Livre.

O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira (14/06), no Bairro Luz do Sol, em Cáceres (220 km de Cuiabá), por volta de 0h30.

O crime

Segundo relato do dono da casa, ele terminou com a ex-companheira há cerca de seis meses e não sabia que ela ainda tinha a chave da casa dele.

Na madruga desta segunda-feira, usando a chave ela abriu a porta da residência e começou a dizer que iria matar o ex-companheiro e a atual namorada dele, que estava no local. Ela passou a bater nos dois, acompanhada de uma amiga adolescente.

Em desespero, a namorada do rapaz se trancou no banheiro e as duas suspeitas pegaram facas e começaram a furar a porta, assim como a bater e a morder o ex-companheiro da suspeita, que tentava defender a namorada.

A vítima que estava dentro do banheiro ligou para um amigo pedindo ajuda e a Polícia Militar foi acionada.

O dono da casa chegou a conseguir tirar a faca da mão das suspeitas duas vezes, mas elas pegavam outras e seguiam com o ataque de fúria, dizendo que queriam matar a namorada do ex a qualquer custo e que, depois, matariam o homem também.

Prisão

Quando a Polícia Militar chegou na casa, encontrou o dono saindo sem roupas e com uma faca na mão. Os policiais mandaram ele parar e ele imediatamente jogou a faca e se deitou no chão, colocando as mãos na cabeça.

Em seguida, a ex-namorada dele saiu da residência, também com uma faca na mão. Ao contrário do homem, porém, ela não obedeceu a ordem de parada e correu na direção dos policiais, que seguiram mandando ela soltar a faca e se entregar.

Como a jovem não obedecia, os militares fizeram um disparo de Sparck para contê-la.

Logo depois, uma adolescente de 16 anos também saiu da casa com uma faca na mão, mas ela obedeceu os policiais, jogou a faca no chão e se deitou com as mãos na cabeça.

Só então os policiais puderam perguntar o que havia acontecido na casa e souberam que havia mais uma vítima trancada no banheiro, a atual namorada do dono da residência. A porta precisou ser arrombada para ela ser libertada.

A suspeita maior de idade foi levada a um Pronto-Atendimento para que os dardos da Sparck fossem retirados, depois ela foi encaminhada para a delegacia.

O amigo para quem a vítima ligou pedindo ajuda chegou à casa junto com a polícia e acompanhou as prisões.

O dono da casa ficou com vários hematomas e mordidas causados pelas suspeitas, além de um corte no supercílio direito. A namorada dele ficou com arranhões pelo corpo. As suspeitas ficaram com alguns hematomas. A casa ficou revirada, com sangue, objetos no chão e espelhos quebrados.

O caso foi registrado como lesão corporal, tentativa de homicídio e ameaça.

180

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *