Marmita: alimentos que devem ser evitados para não causarem desconforto

Montar a marmita do trabalho já faz parte do dia a dia de muitas pessoas. É um ótimo jeito de comer uma comida mais saborosa, saudável e até mesmo econômica. Dá para levar desde comida, como o clássico arroz e feijão, até o lanche da parte da tarde.

Em tese, pode-se levar de tudo para o trabalho. No entanto, é necessário tomar cuidado com alguns alimentos, que podem estragar mais rápido e também devem ser preparados da forma correta. Eis alguns pratos que podem ser evitados:

Saladas de atum ou com maionese

Muita gente já sabe, mas não custa lembrar: saladas de atum (e outras com maionese) podem estragar facilmente e devem ser armazenadas de forma correta.

Portanto, caso você more longe do trabalho, o mais indicado é evitar levar saladas e pratos desse tipo. O calor e a exposição ao sol podem fazer com que o alimento estrague e fique com mau cheiro.

Iogurtes e laticínios

Assim como os pratos com atum e maionese, iogurtes e outros laticínios também podem estragar com mais facilidade. Por isso, caso queira levar como lanche, é fundamental que os coloque na geladeira assim que chegar ao trabalho.

Ou seja, caso o local não tenha refrigerador, o mais indicado é não levar iogurtes e derivados de leite para o trabalho.

Alimentos ricos em enxofre

Há quem não saiba, mas alimentos ricos em enxofre, como brócolis, alho e cebola, além de frutas, como morango e abacate, podem causar gases e certo desconforto no estômago.

Para evitar a sensação de mal-estar durante o trabalho, uma boa é evitar alimentos que causam qualquer tipo de incômodo. Em vez de abacate para o lanche, por exemplo, foco em frutas mais leves, como a banana

Batata-doce e repolho

Quando consumidos em excesso (ou feitos de forma errada), a batata-doce e o repolho também podem ocasionar gases e desconfortos. Por isso, é conveniente buscar um modo de preparo mais saudável.

Frituras de modo geral ocasionam flatulências e podem gerar certo mal-estar no organismo. Portanto, tente preparar a batata-doce cozida ou assada, que são bem mais saudáveis. O mesmo serve para o repolho, que deve ser pré-cozido antes de ser consumido.

Fonte: Estadão Conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *