Novo iPhone pode ter câmera 3D imitando concorrentes da Huawei e da Samsung

Apple poderá trazer a tecnologia de câmera ToF, que captura imagem em 3D, no iPhone do ano que vem. Segundo o analista de mercado Ming-Chi Kuo, a mudança deverá conferir ao celular a capacidade de rastrear uma área maior do ambiente em comparação à tecnologia TrueDepth do Face ID.

A novidade seria útil, entre outras coisas, na captura de profundidade ao usar aplicativos de realidade aumentada. O lançamento é aguardado para 2020 – este ano, o iPhone 11 deve trazer câmera tripla, mas nenhuma delas com recurso de leitura em três dimensões.

O sensor ToF não é novidade no mercado. Atualmente, a tecnologia pode ser encontrada, por exemplo, nos celulares premium Huawei P30 Pro e LG G8S ThinQ, além do modelo intermediário Galaxy A80, todos à venda no Brasil. Demais smartphones que trazem câmera 3D são comercializados apenas no exterior, como é o caso do Galaxy S10 5G, da Samsung.

O recurso de captura 3D é aplicado principalmente na melhoria de fotos com fundo desfocado. No entanto, também habilita funções curiosas, como o controle por gestos presente no sucessor do LG G7 ThinQ. Ainda não se sabe como o iPhone poderá tirar proveito do componente fotográfico. De acordo com o analista, a novidade estará restrita a dois dos três modelos a serem anunciados no ano que vem.

Por outro lado, ele reafirma uma aposta feita em junho e antecipa que todas as versões deverão trazer compatibilidade com internet de alta velocidade 5G. O processador também poderá ficar mais poderoso e ser o primeiro com fabricação em 5 nanômetros.

Outra estimativa aponta que a Apple poderá lançar uma variedade maior de celulares daqui a um ano: segundo o banco JP Morgan Chase, a empresa estaria preparando quatro novos modelos de iPhone.

oito meia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *