Novos iPhones chegam em setembro com moderno 3D Touch e câmera extra

Os novos iPhones virão com a nova geração de processador A13, mais rápido que o A12 da geração atual. São conhecidos internamente pelos codinomes D42, D43 e N104 para os dispositivos que irão substituir o XS, XS Max e XR, respectivamente. Todos os modelos terão a mesma resolução de tela da geração atual, sendo que os dois primeiros terão uma tela OLED, enquanto que o terceiro – que substituirá o XR – continuará contando com uma tela Liquid Retina.

Resposta tátil com nova Taptic Engine

Os modelos desse ano também contarão com uma nova versão da Taptic Engine, que fornece resposta tátil às ações do usuário. Esse componente é responsável, por exemplo, pelo pequeno “toque” sentido quando usamos o 3D Touch nos aparelhos que suportam essa tecnologia.

No iPhone XR, que não conta com 3D Touch na tela, a Apple criou um recurso que chama de “haptic touch”. O que ele faz é simular o 3D Touch quando o usuário pressiona o dedo por um pouco mais de tempo na tela.

Com o iOS 13, que está em testes, a Apple trouxe o Haptic Touch para todos os dispositivos suportados pelo novo sistema. Já existiam muitos rumores sobre a retirada do 3D Touch das telas de iPhones e parece que neste ano isso irá se concretizar.

A empresa está trabalhando numa tecnologia conhecida internamente como “leap haptics”. Não se sabe muito sobre o que ela trará de novo, mas certamente é um recurso que irá melhorar ainda mais a sensação tátil do Haptic Touch, o que deve deixar os fãs do 3D Touch um pouco menos chateados com a sua aposentadoria.

Novidades nas câmeras

Os novos iPhones contarão com três câmeras na parte traseira, diferente das duas câmeras nos atuais modelos topo de linha. Segundo fontes, o visual delas será realmente o quadrado que já foi divulgado em alguns diagramas vazados e imagens de modelos “dummy” dos novos aparelhos.

Esse espaço extra será ocupado por uma terceira câmera com um ângulo de captura mais aberto. Além de permitir a captura de fotos e vídeos com um ângulo maior, essa nova câmera também contará com um recurso chamado “Smart Frame”.

Com esse recurso ligado, o iPhone irá capturar informações a mais usando essa câmera extra em fotos e vídeos, que depois poderão ser utilizadas para fazer ajustes no enquadramento, perspectiva e alinhamento de fotos e vídeos automaticamente. As informações extras capturadas e não utilizadas serão descartadas após um determinado período de tempo, por questões de privacidade.

Outra novidade com relação às câmeras do “iPhone 11” é que a câmera frontal ganhará o recurso de captura em câmera lenta, com até 120 quadros por segundo. Atualmente esse recurso só está disponível nas câmeras traseiras.

A Apple deve anunciar os novos iPhones em um evento especial em setembro, como tem feito nos últimos anos.

Informações do Entrelinhas.blogosfera.uol.com.br – Guilherme Rambo.

oito meia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *