Número de pessoas presas por dirigir sob efeito de álcool nas rodovias do PI cresce em 87%

Mais de 32.000 condutores foram flagrados cometendo infrações de trânsito nas rodovias federais do estado durante esse períodoFoto: Divulgação PRF/PI

 

A Polícia Rodoviária Federal divulgou, na manhã desta sexta-feira, 9, os números referentes aos esforços de fiscalização de trânsito durante o primeiro semestre de 2021. A quantidade de veículos e pessoas fiscalizadas diminuiu se comparado a 2020, devido alguns protocolos de segurança e à redução no fluxo de veículos devido a pandemia do novo coronavírus, mesmo assim a PRF foi efetiva nos resultados apresentados.

Foram 119.727 veículos fiscalizados e 108.685 pessoas fiscalizadas. Foram lavrados 32.878 autos de infrações de norte a sul do estado. A PRF lavrou 7.220 autos de infração em condutores de motocicletas por não uso do capacete de segurança se tornando o estado que mais autua por este motivo, 3.020 por Ultrapassagem em local proibido, 942 por Conduzir veículo ou transportar o passageiro sem o cinto de segurança, 2.532 por Conduzir sem possuir CNH, 2.191 por Executar Conversão Proibida à esquerda, 1.888 pelo veículo estar Indevidamente Licenciado e 54 por Dirigir usando telefone celular.

Com relação à fiscalização de alcoolemia, foram realizados 1.397 Testes de alcoolemia e lavrados 261 autos de infração, resultando em 113 pessoas presas por este motivo. As principais infrações de trânsito flagradas pelos policiais ainda são as que tem maior gravidade e podem resultar em acidentes graves.

Apesar da redução dos números de testes de alcoolemia, a quantidade relativa de pessoas presas por dirigir sob o efeito de álcool nos primeiros seis meses de 2021 superou em 87,1 % a quantidade em 2020.

Com relação à fiscalização de veículos de carga, a PRF realizou diversas operações de combate ao excesso de peso resultando na lavratura de 442 autos de infração e retirando 4.252,3 toneladas de excesso que estavam sendo transportadas em veículos de carga no Piauí. Essa quantidade de peso excedente daria para encher 283 caminhões de três eixos.

A PRF efetuou o recolhimento de 2.621 veículos que estavam sem condições de trafegabilidade ou que estavam com problemas na documentação. Com relação a fiscalização de motocicletas, a PRF no Piauí segue como o estado que mais recolhe motocicletas nos país.

O trabalho direcionado a esse tipo de veículo é importante, tendo em vista o alto índice de pessoas feridas e mortas que estão na condição de condutor ou passageiro de motocicletas.

A PRF realizou diversas ações educativas durante o primeiro semestre de 2021, tendo em vista uma maior conscientização da sociedade para um trânsito mais seguro. Essas ações resultaram na sensibilização de 965 pessoas, sempre observando os protocolos sanitários referente à pandemia do novo coronavírus.


Fonte: Piauí Hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *