Pai se revolta ao ver a filha pedir para morrer após ser estuprada; veja as conversas

O carpinteiro Janiclecio do Amaral Morais se mostrou revoltado durante entrevista neste domingo (21/07) com o caso de estupro envolvendo a filha dele, de cinco anos de idade, e que tem um amigo de infância dele como principal suspeito do crime. O caso aconteceu no dia 20 de maio, em Cubatão (SP). Com informações do G1.

Após o abuso, a menina passou a apresentar um comportamento diferente. A mãe afirma que ela passou a cortar o próprio cabelo, além de evitar usar roupas femininas.

A criança, que chegou a pedir para morrer, agora passa por acompanhamento psicológico.

O pai da menina contou a reportagem que ele e o suspeito foram criados no município de Custódia (PE), e viviam sempre juntos. Ele disse que ficou muito revoltado vindo de quem veio e afirmou que a justiça é muito lenta.

Janiclecio ainda relatou ao site que o suspeito entrou em contato com ele para tentar se explicar depois do acontecimento. O pai relata que o suspeito negou que tenha feito alguma coisa, mas foi questionado por que o exame deu positivo.  Ele afirma, em seguida, que o suspeito ofereceu a casa e o terreno para não ser denunciado.
O caso é investigado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Cubatão e a investigação segue em sigilo.

Veja a conversa entre o pai e o suspeito:

Homem afirmou que estava com vergonha por ser suspeito de estuprar a prima de quatro anos em Cubatão, SP   
Homem afirmou que estava com vergonha por ser suspeito de estuprar a prima de quatro anos em Cubatão, SP       Reprodução
Agressor tentou negociar após estuprar menina de cinco anos em Cubatão, SP 
Agressor tentou negociar após estuprar menina de cinco anos em Cubatão, SP       Foto: Reprodução

O caso
O homem é suspeito de estuprar a prima de cinco anos quando a mãe da criança saiu de casa para pagar uma conta. Segundo informações do G1, a criança brincava no quintal da casa quando a mãe saiu. O caso aconteceu no dia 20 de maio, mas só no dia 31 do mês a garota contou à mãe sobre o que aconteceu, depois de apresentar sangramento nas partes íntimas.

g1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *