PI: Casos de dengue apresentam aumento de 264,5%, diz boletim divulgado pela Sesapi

Dados do SINAN que compõem o 28° Boletim epidemiológico de 2019 apontam que as notificações de prováveis casos de dengue, Chikungunya e Zika Vírus tiveram aumento em relação ao mesmo período de 2018. O número de casos prováveis de dengue apresentou um aumento de 264,5%, apresentando 5.347 notificações em 143 municípios. Atualmente 75 municípios ainda não registraram notificações, em 2018, neste mesmo período, 140 municípios ainda não haviam feitos registros.

Simplício Mendes, Alvorada do Gurguéia, Pavussu, Curimatá e Uruçuí foram os cinco municípios com maior incidência por 100 mil habitantes. Não houve registros de novos óbitos devido a dengue nesta 28° semana.

Em relação a Febre Chikungunya o boletim aponta que houve um aumento de 62,5 %  nas notificações de prováveis casos. Foram 665 prováveis casos notificados em 36 municípios, já em 2018, mesmo com as notificações tendo sido provenientes de 38 municípios, foram apenas 403 notificações de casos prováveis.

Teresina, Picos, Parnaíba, Campo Grande do Piauí, Bertolínia e Oeiras foram os municípios com maior incidência de Chikungunya por 100 mil habitantes até a 28° Semana Epidemiológica. Não foram registradas óbitos por Chikungunya  em 2019.

Em relação ao Zika Vírus foram notificados 35 prováveis casos de Zika, provenientes de 19 municípios. Em 2018 foram registradas um total de 26 casos, provenientes de 11 municípios. Os números apontam um aumento de 34,6% comparando os anos de 2019 e 2018.

Morro do Chapéu do Piauí, Bom Jesus e Oeiras são os municípios que registraram maior incidência de casos de Zika por 100 mil habitantes. Não houve registros de óbitos por Zika dentro do 28° boletim epidemiológico.

oito meia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *