Polícia não descarta crime de pistolagem em triplo homicídio no interior do Piauí

A Polícia Civil investiga a vida pregressa de três homens assassinados no sábado (20) em uma chácara em Paulistana, a 452 Km de Teresina, e não descarta a hipótese de pistolagem. Um dos mortos era o caseiro da propriedade e os outros dois eram de Petrolina (PE) e estavam alojados na chácara desde a terça-feira, 16.

As vítimas foram encontradas mortas com tiros na cabeça dentro da propriedade que fica a cerca de 4 quilômetros de Paulistana. De acordo com a polícia, nada foi levado. O proprietário do imóvel e vizinhos da localidade já foram ouvidos.

“O dono da chácara teve contato na manhã do sábado com o caseiro e cerca de uma hora depois foi informado que ele estava morto juntamente com os outros dois homens. As informações preliminares não apontam parentesco entre as vítimas, o que se sabe é que possivelmente um deles conhecia o caseiro”, informou o delegado Marcelo Leal, da Gerência de Polícia do Interior (GPI).

A motocicleta que supostamente levou a dupla de pernambucanos – Wellington Morais de Assis e Rafael, que não teve o sobrenome revelado – até a chácara em Paulistana, foi encontrada no local sem indícios de ter sido roubada. “Possivelmente, homicídio. Não foi nenhum latrocínio”, assegura Marcelo Leal.

O procedimento foi instaurado pela delegacia de Paulistana. Um levantamento da vida pregressa das vítimas está sendo feito em parceria com a Polícia Civil de Pernambuco e com parentes que estão sendo contatados.

“Demos início à investigação e vamos apurar se eles tinham algum envolvimento com o crime, se tinham envolvimento com o tráfico ou alguma rixa no estado do Pernambuco”, adiantou o titular da 12° Delegacia Regional de Paulistana, Cícero de Oliveira.

De acordo com delegado, o caseiro identificado como Kleidivaldo dos Santos Silva, que era piauiense, não tinha passagem pela polícia. Parentes dele foram ouvidos pela investigação mas até o momento nenhuma informação aponta relação suspeita com o crime.

Um dos calibres encontrados no local aponta para o uso de uma pistola 380. Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal de Teresina (IML).

Fonte: cidadeverde.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *