PRF apreende veículo de carga com madeira sem licença ambiental válida na BR-316

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizaram a apreensão de 58,56 m³ de madeira serrada que estavam sem licença ambiental válida para o transporte na madrugada desta terça-feira (30) na BR-316.

Os agentes identificaram o crime ambiental na cidade de Teresina, ao abordarem o veículo SCANIA/R 124 GA4X2NZ 42 conduzido por um homem de 29 anos. Foi solicitado ao condutor toda a documentação ambiental do carregamento. Após as averiguações necessárias foi detectado pelos agentes que os documentos apresentados estavam vencidos conforme site do IBAMA e que as notas fiscais apresentavam uma quantidade de madeira diferente da que estava na carreta.

A caraga avaliada em R$ 26 mil vinha de Chuninguaia/PA e tinha como destino a cidade de Arapiraca/AL. O condutor informou para os agentes que não tinha conhecimento da ilegalidade.

A Empresa Proprietária do veículo e da carga foi enquadrada no Art. 46 da Lei Nº 9.605/98 de crimes ambientais.

    Foto: Divulgação/PRF

Foi lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência e toda a carga de madeira juntamente com o veículo e o condutor foram encaminhados para a  Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piaui – SEMAR/PI e encontram-se disponíveis na cidade de Teresina para os encaminhamentos devidos.

O condutor foi encaminhado para o Juizado Especial Criminal da comarca de Teresina, se comprometendo a comparecer em audiência pré agendada.

Em 2018, a PRF efetuou a apreensão de 1.267,33 m³. Somente esse ano, a PRF já realizou a apreensão de 519,63 m³ de madeira nas rodovias federais que cortam o Piauí.


Fonte: Com informações do Nucom/PRF-P

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *