Reforma do piso da Catedral de Picos acontece a portas fechadas

Desde que foi retomada, no dia 05 de julho, a obra de substituição do piso e da reforma do presbitério da Igreja de Nossa Senhora dos Remédios de Picos está acontecendo a portas fechadas. Nossa equipe esteve no templo na manhã desta quarta-feira, 24, para registrar o andamento dos trabalhos, que geraram muita polêmica neste ano, contudo, todas as portas estavam trancadas.

Nós nos dirigimos até a Cúria Diocesana, para falar com o bispo Dom Plínio José Luz, mas o mesmo já havia saído para os seus compromissos oficiais. Em seguida fomos ao escritório da Paróquia de Nossa Senhora dos Remédios para falar com o pároco Pe. Chiquinho, mas fomos informados que ele se encontra em Juazeiro do Norte – CE.

A autorização para o registro das imagens das obras no principal templo católico de Picos precisa partir de um dos dois sacerdotes. Falamos rapidamente com um dos trabalhadores da construção civil empenhados no serviço e ele confirmou que todos foram instruídos a não permitirem o registro de imagens.

Enquanto a obra acontece, os fiéis estão assistindo as missas no salão paroquial da igreja.

Debates

A mudança do piso e a reforma do presbitério foi motivo de intensos debates em Picos, tanto pelas redes sociais como em acontecimentos presenciais. Muitos alegaram que a igreja é um patrimônio histórico, enquanto a diocese afirmou que os fieis foram consultados previamente através de um plebiscito. A questão envolveu até o Ministério Público Estadual (MPE), que embargou a obra temporariamente, mas já a liberou mediante a assinatura de um Termo de Ajuste de Conduta (TCA).

A expectativa da Diocese é de que a obra de substituição do piso seja concluída no início de agosto, antes dos festejos de Nossa Senhora dos Remédios, celebrados no dia 15.

folha atual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *