Suspeito de matar criança teria confessado crime em troca de mensagens

Suspeito de assassinar o menino Yuri Ruan Francisco Gonçalves, de 13 anos, Luis Carlos Silva teria confessado o crime com um dos familiares através áudios em mensagem. Segundo a mãe do suspeito, “ele confessou que matou, disse onde estava o corpo e, que se alguém acionasse a polícia, cometeria suicídio”. Com informações do R7.

Conforme publicação, a criança estava desaparecida desde que saiu de casa para empinar pipa, no dia 16, e foi achada morta com sinais de asfixia e violência sexual, na tarde de segunda-feira (22/07), na zona rural de Itapevi (SP).

Os bombeiros encontraram o documento do comerciante Luís Carlos da Silva, de 29 anos, ao lado do corpo.

O homem foi preso nesta terça-feira (23/07) em Registro (SP) e encaminhado ainda hoje para Itapevi (SP) a pedido da prisão preventiva.

Desaparecido após sair para empinar pipa, Yuri é encontrado morto em Itapevi
Desaparecido após sair para empinar pipa, Yuri é encontrado morto em Itapevi    Reprodução / TV Record

R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *