Tribunal de Ética da OAB abre processo disciplinar contra advogado suspeito de estupro

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Celso Barros Neto, confirmou ao Cidadeverde.com que o Tribunal de Ética abriu processo disciplinar e que irá acompanhar as denúncias de estupro e abuso sexual contra o advogado Jefferson Moura Costa.

O presidente classifica as denúncias como fato “gravíssimo, crimes bárbaros” e que segundo ele, “não pode ficar impunes”. Ainda de acordo com Celso Barros, o processo disciplinar segue respeitando todos os tramites, inclusive com ampla defesa e que o advogado pode ser expulso dos quadros da Ordem.

O processo foi aberto de ofício e deve haver a suspensão das atividades do advogado suspeito preventivamente.

“Vamos pedir cópias do inquérito, depoimentos, perícia para que a gente possa incluir no processo disciplinar”, completa Celso Barros.

O advogado Jefferson Moura Costa é suspeito de estupro contra uma diarista e importunação sexual contra uma vendedora em Teresina.

Nesta sexta-feira (16), a titular da Delegacia da Mulher Vilma Alves deve ouvir o depoimento de mais quatro vítimas.

Aguarde mais informações

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *