Câmara de Francisco Santos realiza última sessão do primeiro semestre de 2020

0
158
????????????????????????????????????

Realizada de forma virtual em razão da pandemia do coronavírus, os vereadores que compõem o Poder Legislativo do município de Francisco Santos realizaram nesta terça-feira, 30 de junho, a 4ª Sessão Extraordinária do 4º ano da 14ª Legislatura.

Participaram da sessão virtual os vereadores Edilson Manoel da Rocha (Didissa – atual presidente da Câmara), Carlos Garlene, Pedro Fransuesley, João Neto (Bololô), Mardone Silva, Maguineide Santos, Siriá Raimundo, José Manoel (Tatá) e Alex Santos.

Durante a sessão três Projetos de Lei foram colocados em votação, ocasião em que todos eles foram aprovados.

O primeiro projeto (425/2020) a ser votado dispões sobre as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária para o exercício de 2021 (LDO 2021), sendo aprovado por unanimidade.

No Projeto de Lei 426/2020, os vereadores votaram sobre os subsídios do prefeito, do vice-prefeito e secretários municipais, que passarão a vigorar a partir de janeiro de 2021.

Neste Projeto de Lei, que foi aprovado por 07 votos a favor e uma abstenção, os salários do prefeito e do vice-prefeito não tiveram seus valores alterados, apenas os salários dos secretários municipais que passarão de R$ 2.500,00 para R$ 3.000,00 a partir do próximo ano.

Já no terceiro Projeto de Lei de Nº 427/2020, tratou sobre a regulamentação dos subsídios dos vereadores para a próxima Legislatura, que terá início em janeiro do próximo ano.

O valor aprovado pelos vereadores ficou fixado em R$ 3.500,00 (Três mil e quinhentos reais) mensal. Este último Projeto de Lei colocado em votação foi aprovado por 07 votos a favor e uma abstenção.

“Com esta Sessão Extraordinária encerramos os trabalhos deste primeiro semestre na Câmara de Vereadores de Francisco Santos. Teremos o mês de julho de recesso e voltaremos no mês de agosto os trabalhos. Espero que no período do retorno já possamos realizar as sessões presenciais”, destacou o presidente da Câmara.

Didissa afirmou ainda que mesmo a Câmara Municipal estando de recesso, os vereadores continuarão à disposição da população para ouvir suas reivindicações e buscarem soluções para resolver.

Folha atual

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here