Coronavírus: Como sobreviver à redução do salário ou demissão?

0
158

A crise criada pelo novo coronavírus até o momento tem como o maior impacto a saúde das pessoas, o que deve ser realmente o mais importante. Contudo, não se pode negar que em um curto período o impacto também será nas finanças, que pode levar milhões à inadimplência.

A situação já tem deixado muitas pessoas em pânicos. Crescem o caso de quem já perdeu o emprego e outras situações que os trabalhadores terão que suportar uma grande redução dos ganhos, que pode chegar a mais de 50% em muitos casos. Mas o que fazer nessa situação? O presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (ABEFIN), Reinaldo Domingos, alerta que o que deve ser evitado nesse momento é o desespero.

“É óbvio que a situação é assustadora para muitos, mas entrar em pânico só prejudica, levando muitas vezes à tomada de decisões erradas que poderão impactar ainda mais nas finanças. Assim, primeira coisa é buscar forças e ter calma para olhar de forma inteligente as finanças”, explica Domingos. “Sempre afirmo que é com os tombos que aprendemos a andar. Por isso, é hora de buscar uma reestruturação financeira, para atravessar esse período e, posteriormente, estar prevenido para imprevistos”, complementa

Meio norte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here