Escolas da rede estadual recebem recurso do PACTUE e se preparam para retorno híbrido


A busca ativa escolar gera resultados positivos e o CETI Inês Rocha, de Piracuruca, conseguiu manter 100% dos estudantes para o retorno das aulas no segundo semestre de 2021. No regime híbrido e com preparação para atender às medidas sanitárias, a rede estadual está utilizando recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e do Programa de Autonomia, Cooperação e Transparência das Unidades Escolares da Rede Estadual de Ensino do Piauí (PACTUE) para preparar os ambientes e garantir a segurança de estudantes, professores e demais profissionais da educação em todo o estado.

Cada escola fez seu protocolo de retomada, que foi analisado pela equipe da SEDUC, e de acordo com o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, todo o processo está sendo acompanhado pela equipe da secretaria. Após a análise dos protocolos há uma orientação de uso do PDDE Emergencial, que têm garantido às instituições os recursos financeiros para aquisição de Equipamento de Proteção Individual (EPI), material de limpeza, reprodução de material educativo, aquisição de material permanente e manutenção de equipamentos que auxiliem no combate à pandemia.

“Os recursos federais e estaduais estão auxiliando as escolas a se prepararem para esse retorno. Somente em 2020, o PACTUE chegou a mais de R$ 19 milhões e neste ano de 2021 as escolas já receberam mais de R$ 12 milhões, recursos que estão auxiliando na retomada das aulas a garantia das medidas de segurança que devem ser adotadas por toda a rede. Além desse recurso também temos o PDDE”, explicou o secretário.

CETI INÊS ROCHA – Piracuruca

De acordo com o diretor do CETI Inês Rocha, Fontenele, a escola está em fase final de preparação e as aulas devem retomar no dia 16 de agosto, pois está em conclusão da reforma com um investimento de R$ 1.212.759,16 do PRO Piauí Educação para beneficiar os 240 estudantes matriculados.

“A escola está passando por um processo de reforma e ampliação e mais de 90% já está concluído e estamos esperando apenas pequenos detalhes da empresa. A escola também conseguiu contactar 100% dos seus alunos, individualmente, conversando com todos os pais para que o retorno aconteça com segurança e com a confiança deles”, disse o gestor.

CETI PEDRA MOLE – Teresina 

Já no (CETI) Residencial Pedra Mole, localizado no bairro Pedra Mole, em Teresina, a gestão prepara o ambiente que está em conclusão da obra de reforma e ampliação. De acordo com a diretora, Carla Daiane, a inauguração deve acontecer no começo da segunda quinzena e até lá o plano de retomada, que foi enviado para análise, deve ser aprovado para que a escola defina data de retorno presencial e oferta de ensino híbrido.

A instituição está entre as escolas da rede estadual que recebem os investimentos do PRO Piauí Educação. Estão sendo aplicados recursos no valor de R$ 846.658,11 para completa reformada e ampliação, o que levará mais conforto aos estudantes e professores.  A obra contempla a escola com ampliação e construção de mais dois banheiros com acessibilidade, refeitório, cozinha, depósito, mais duas salas de apoio, além de reforma de todas as salas de aula já existentes e revestimento de paredes e recuperação de todo o piso da unidade.

MONITORAMENTO DE RETORNO AO CHÃO DA ESCOLA  

As unidades que ainda permanecem em modelo remoto estão sendo acompanhadas pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para que retornem tão logo os protocolos de segurança sejam rigorosamente seguidos.

Com 76 mil profissionais da Educação já vacinados com a primeira dose, segundo dados do Painel Covid-19 Piauí, os estudantes da rede pública estadual do Piauí retornarão ao chão da escola a partir da próxima segunda-feira (09), de forma gradativa e segura.


Fonte: SEDUC PI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *