Hemocentro de Picos registra queda de 50% no número de doações de sangue após pandemia

0
146

O dia 14 de junho é a data que se comemora o Dia Mundial do Doador de Sangue. Habitualmente, o Hemocentro Regional de Picos realiza campanhas que antecedem à data e na semana do dia doador, são realizados inúmeros eventos para chamar a atenção dos doadores voluntários. Entretanto, este ano, por conta da pandemia do novo coronavírus, nenhuma ação foi realizada nos centros do país.

Desde quando começaram as restrições que determinam o distanciamento social, o número de doações tem caído consideravelmente em todo país. Segundo a coordenadora do Serviço Social do Hemocentro de Picos, Ana Paula Batista, o número de doações caiu em torno de 50% devido à pandemia.

Ana Paula conta que o hemocentro continua recebendo os doadores por meio de agendamentos feitos através dos telefones do órgão -3421-0704 / 89 9 8801-1717. O local passa, rotineiramente, por uma desinfecção para resguardar tantos os funcionários que atuam no espaço, quanto os voluntários. Normas de segurança sanitária como uso da máscara, álcool em gel e distanciamento, também são estabelecidos.

“Nós estamos trabalhando com os nossos agendamentos, através dos nossos telefones e, diariamente, no mesmo horário, de 08h ao meio dia e das 13h às 17 horas; seguindo todas as medidas de segurança. Estamos aqui, nesta semana, tentando trazer, de alguma forma, trazer o foco desse momento de comemoração ao Junho Vermelho. O doador que chega aqui, ele está recebendo um kit de lembrança, um álcool em gel, como lembrança do Dia 14 de Junho”.

A coordenadora reforça que a unidade de Picos atende municípios de toda macrorregião e as doações têm sido insuficiente para a demanda. O hemocentro de Picos, antes da pandemia, tinha uma necessidade de no mínimo 380 a 420 bolsas por mês. Hoje, a unidade não passa de 200 doações.

“Hoje, em todos os hemocentros, a gente avalia uma queda de mais de 50% nas doações […]. A gente não pode esquecer que não é só esse momento, existe a preocupação quanto à covid-19, mas muitas pessoas, essas pessoas que precisam de tratamento como a hemodiálise, transfusões de sangue diárias; elas não deixaram de precisar, mesmo com a covid-19, elas continuam precisando, e o hemocentro de Picos atende até 50 municípios da região. O hemocentro fica na espera desses doadores, principalmente pela nossa necessidade de manter o nosso estoque para poder atender toda essa demanda”.

Ana Paula disponibilizou ainda o seu contato pessoal para agendamentos de doações de sangue, que é o 89 9 9905-3130. Ela faz um apelo à população.

“Em tempos de não pandemia, tempos de doações normais, nós trabalhamos com uma média de 380 a 420 doações de sangue, mensais. De março pra cá, a gente tem trabalhado arduamente para tentar manter esse estoque, embora esteja sendo muito difícil. Quando a gente fala em queda de 50%, nós estamos tentando manter pelo menos 200 doações mensais, o que está sendo muito difícil. Se em um mês normal, eu preciso de 400, imagina com 200 doações mensais. Esse meu telefone é whatsApp, as pessoas podem agendar por mensagem que eu repasso para a equipe. Enfim, se a pessoa tem a sensibilidade de estar doando sangue, não perca essa oportunidade, pode entrar em contato que a gente faz o agendamento com total segurança”.

Para fazer a doação de sangue, é necessário levar um documento com foto e é importante que o voluntário não tenha sintomas gripais.

Requisitos básicos

  • » Estar em boas condições de saúde.
  • » Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, precisam de autorização).
  • » Pesar no mínimo 50kg.
  • » Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).
  • » Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).
  • » Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social, Carteira Nacional de Habilitação e RNE-Registro Nacional de Estrangeiro*).
  • grande picos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here