Jaicós: Saúde municipal realiza atividade em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Fumo

Com o tema: “Vida sim, cigarro não”, a Secretaria Municipal de Saúde de Jaicós, realizou nesta segunda-feira (30.ago) atividade em alusão ao Dia Mundial de Combate ao Fumo, comemorado em todo o Brasil, no dia 29 de agosto.

A atividade teve início às 8h na UBS Amélia Crisanto, ao lado da Secretaria Municipal de Saúde, no bairro Serranópolis e contou com a presença da coordenadora da Atenção Báscia de Saúde, Patrícia Silva, da coordenadora de Imunização, Rakel Monteiro e várias profissionais.

Durante a atividade, a equipe distribuiu panfletos e conscientizou a população sobre os prejuízos causados pelo do uso do cigarro.

Essa mesma atividade foi realizada também nesta segunda-feira, na Praça Getúlio Vargas, centro da cidade.

Tabagismo

O Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado em 29 de agosto, tem como objetivo reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização da população para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. Criado em 1986 pela Lei Federal 7.488, a data inaugura a normatização voltada para o controle do tabagismo como problema de saúde coletiva.

O tabagismo é uma doença causada pela dependência física à nicotina, e causa aproximadamente 50 doenças diferentes. O tabagismo ativo ou passivo prejudica a saúde de quem fuma e de quem não fuma, podendo levar a morte.

Qualquer tipo de exposição ao tabaco contribui para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, cânceres e doenças respiratórias crônicas. Entre as doenças causadas pelo tabagismo estão a trombose, aterosclerose, doença arterial coronariana, IAM, o acidente vascular encefálico, DPOC, enfisema pulmonar, tuberculose, câncer de pulmão.

Segundo dados da OMS, o tabaco mata até metade de seus usuários e mais de oito milhões de pessoas anualmente. Mais de sete milhões dessas mortes são resultado do uso direto do tabaco, enquanto cerca de 1,2 milhão são resultado de não-fumantes expostos ao fumo passivo.

No Brasil, 443 pessoas morrem a cada dia por causa do tabagismo. R$125.148 bilhões são os custos dos danos produzidos pelo cigarro no sistema de saúde e na economia e 161.853 mortes anuais poderiam ser evitadas. Quanto às mortes anuais atribuíveis ao tabagismo: 37.686 correspondem à Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), 33.179  à doenças cardíacas, 25.683 a outros cânceres, 24.443 ao câncer de pulmão, 18.620 ao tabagismo passivo e outras causas, 12.201 à pneumonia e 10.041 ao acidente vascular cerebral (AVC).

Por Portal Saiba Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *