Jovem que levou tiro de PM pelas costas não roubou moto, diz pai

0
315

Pai do jovem Nadson Igor Rodrigues de Miranda, de 23 anos, Nedson Miranda disse que o filho pegou uma motocicleta emprestada com um amigo e saiu. Quando viu a polícia, empreendeu fuga por não ser habilitado. Imagens de câmera de segurança mostram o rapaz sendo morto por um PM com tiro pelas costas. As informações são do R7.

“Ele não é habilitado e correu da polícia. Correu, correu, e quando parou aconteceu aquilo. Estava errado? Estava. Mas ninguém tinha o direito de mata-lo”, diz o pai.

O caso aconteceu na madrugada de sábado (25), em frente à segunda companhia do 29º Batalhão da Polícia Militar, em São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo. O cabo da PM que atirou contra Nadson foi preso em flagrante por homicídio doloso (quando há intenção de matar).

Para a Ouvidoria de Polícia de São Paulo, “a imagem do policial atirando pelas costas é chocante e inaceitável”, e o ouvidor, Elizeu Soares Lopes afirmou que “bom protocolo policial é aquele que protege a vida do policial e das pessoas durante abordagem”, e o correto seria o rapaz ser algemado pelo policial.

Imagens de câmera de segurança de um estabelecimento onde aconteceu a ação mostram que o rapaz foi baleado pelo cabo da PM quando havia parado a motocicleta. Antes de desembarcar, o policial se aproximou e atirou.

Em nenhum momento as imagens mostram qualquer reação de Nadson, nem indica que ele tenham feito menção de estar armado. Além disso, testemunhas ouvidas no DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa), da Polícia Civil, incluindo PMs que participaram da perseguição, afirmam que não viram e não encontraram arma com o rapaz.

r7

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here