Marketing político deve ser mantido durante pandemia, avalia especialista

0
96

A realização das eleições municipais do ano de 2020 podem ser adiadas, mas o marketing político deve ser mantido mesmo durante esse período de pandemia, é o que avalia o especialista em marketing, Raí Silva Júnior.

Com excessivas medidas restritivas impostas pela última “nova legislação eleitoral”, os pré-candidatos e políticos no exercício do cargo de há muito vêm investindo e trabalhando o desenvolvimento de novas técnicas e conteúdos atraentes para utilizarem os meios digitais para alcançar seus públicos: eleitores e opinião pública em geral.

Os municípios brasileiros estão enfrentando a contaminação do novo coronavírus, o que tem obrigado as pessoas a ficarem em casa. Dessa forma, é possível destacar o aumento do consumo dos meios de comunicação, seja TV, rádio e, principalmente, a internet.

Na entrevista, Raí Júnior destaca que a campanha eleitoral de 2020 terá como palco principal as plataformas online e pontua a importância de o candidato estar preparado para lidar com que o mundo virtual oferece, sobretudo, as fake news.

“A campanha vai acontecer nas mídias sociais, justamente porque a pandemia dá mais importância ainda para o cenário da comunicação das mídias sociais, o que já aconteceria, a pandemia reforçou ainda mais essa importância, então, o pré-candidato e o candidato que não tiver uma equipe pronta, preparada por especialistas para responder esse comunicado da melhor maneira possível, através dos canais digitais, ele vai se prejudicar, porque a campanha nesse ano vai acontecer, especificamente, através do mundo digital”.

Raí Júnior lembrou que com o possível adiamento das eleições, aumentou-se o tempo para a pré-campanha eleitoral, momento que deve ser usado estrategicamente para fortalecer a imagem do pré-candidato.

grande picos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here