Primeiro dia da reabertura de lojas é marcado por reclamações e movimento intenso

0
293

Lojistas voltaram a questionar o fechamento de ruas do centro da capital nesta segunda-feira (27), primeiro dia de retomada gradual do comércio varejista. A principal reclamação diz respeito à menor movimentação de clientes circulando no perímetro interditado.

Os comerciantes também relatam dificuldades para a reposição de mercadorias nos estabelecimentos, uma vez que os serviços de carga e descarga estão autorizados a funcionar somente entre 18h e 6h da manhã, sendo proibido o acesso de veículo acima de 5 toneladas.

O isolamento acontece desde o último dia 13 de julho no trecho entre as ruas Desembargador Freitas, Paissandu, David Caldas e Avenida Maranhão.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Lojistas(Sindlojas), Tertulino Passos, a categoria já apresentou uma proposta para a flexibilização da interdição de ruas, mas até o momento não obteve retorno por parte da Prefeitura de Teresina.

“Já pedimos modificações no trânsito, mas até agora não tivemos nenhum retorno. A maioria das lojas ficam exatamente no perímetro onde foi fechado e isso atrapalha demais a nossa atividade. Propomos que, inicialmente, as ruas Rui Barbosa e Areolino de Abreu, ficassem com o trânsito livre durante essa primeira semana e que depois fosse realizado um estudo para uma flexibilização maior”, argumenta o presidente do Sindlojas.

Os lojistas também cobram a liberação total das atividades de carga e descarga. “Também estamos pedindo que seja liberada totalmente a atividade de carga e descarga, durante todo o dia. Depois de 18h, além de ser perigoso, extrapola o horário de abertura estabelecido pela prefeitura de Teresina, que é somente até às 15h”, ressalta Tertulino Passos.

Por meio de nota, a Strans informou que as ruas do centro permanecerão interditadas esta semana, mesmo com a autorização de funcionamento de alguns estabelecimentos comerciais a partir dessa segunda-feira. “A interdição faz parte das ações de evitar aglomeração e possível contaminação pela Covid-19. Os agentes permanecerão seguindo o Decreto Municipal por enquanto, até que a Prefeitura se manifeste por uma possível flexibilização”, diz a nota da Strans.

Movimentação 

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

O centro de Teresina registrou uma movimentação intensa na manhã desta segunda-feira (27), início da retomada das atividades do comércio varejista.

Em alguns estabelecimentos, consumidores chegaram a formar fila para entrar. A maior parte movimentação é concentrada em lojas de informática e móveis.

Entre os protocolos adotados obrigatoriamente, está o controle do número de pessoas no interior de cada loja, além da medição de temperatura e o uso do álcool em gel. Os estabelecimentos também colocaram fiscais para realizar o controle da movimentação de clientes.

O funcionamento também passou a ter horário reduzido, com as lojas abertas apenas entre 9h e 15h.

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Na avaliação do presidente do Sindlojas, Tertulino Passos, ainda é cedo para mensurar o impacto da retomada das atividades do comércio varejista. Apesar disso, ele confirma que o setor possui uma expectativa positiva para as vendas do dia dos pais, comemorado no segundo domingo de agosto.

“Vamos ver como o mercado vai se comportar essa semana e, a partir disso, vamos fazer uma avaliação. A gente espera que consiga vender alguma coisa. É uma projeção otimista, por isso a nossa insistência de abrir o comércio antes do dia dos pais, incluindo os shoppings, para  a  gente ter pelo menos uma expectativa”, afirma o presidente do Sindlojas.

Voltaram a funcionar nesta segunda-feira (27) lojas que comercializam itens como: Informática; Telefonia e comunicação; Eletrodomésticos; Equipamentos de áudio e vídeo; Móveis;Colchoaria; Iluminação,Instrumentos musicais e acessórios,Artigos médicos e ortopédicos,Ótica, joalheria e relojoaria,Artigos para animais de estimação,Equipamentos para escritório, Artigos fotográficos e de filmagem, e Aparelhos eletroeletrônicos.

Também estão autorizados a funcionar a partir desta segunda-feira os setores de atividades administrativas,  serviços de agências de viagens e manutenções em edifícios.

As atividades religiosas, como missas e cultos, também estão autorizadas a serem retomadas nesta segunda-feira, com público reduzido e medidas de prevenção à Covid-19.

Natanael Souza 

Redacao@cidadeverde.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here