Sindicato convoca profissionais da saúde para assembleia e pode deflagrar greve

0
156

O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde Pública do Piauí (Sindespi), que representa diversas categorias da saúde pública (exceto médicos), convoca os trabalhadores da Saúde Pública do Estado do Piauí para assembleia geral nesta sexta-feira (19), às 08h.

A Assembleia será realizada em frente ao Hospital Getúlio Vargas (HGV) e pode resultar na deflagração de greve por tempo indeterminado.

Além do indicativo de greve, estão entre os pontos de pauta: reivindicação por Equipamentos de Proteção Individual em qualidade e quantidade adequadas; Promoção e Progressão; Adicional de Insalubridade para todos durante a pandemia; e outros assuntos de interesse da categoria.

A presidenta do Sinsdespi, Geane Sousa, ressalta que os servidores públicos da saúde do Piauí estão no limite e cobram soluções reais.

“Estamos cansados de reivindicar nossos direitos básicos e não sermos ouvidos. O Governo do Estado não ouve, não recebe e nem respeita a categoria da saúde pública do Piauí. Nossos servidores estão adoecendo, morrendo, quando precisam do plano de atendimento nos hospitais privados não são aceitos pelo plano de Saúde IASPI. Estamos alertando para toda essa situação que pode levar a um completo caos. Questionamos mais uma vez, quem cuida de quem cuida? Um total descaso com os servidores. Não aguentamos mais, precisamos de respeito, reconhecimento e ações práticas”, afirma Geane Sousa, presidenta do Sindespi.

redacao@cidadeverde.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here